quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

TRABALHOS EM CORDA SECA


Irei paulatinamente apresentando trabalhos em Corda-Seca, de difícil execução
mas de uma grande beleza, quando desenhos e cores se combinam.

Para que melhor compreendam.......


Técnica da corda seca

A cerâmica de corda seca, técnica que permite combinar vidros de diferentes cores, foi desenvolvida na Pérsia durante o século XIV como substituto menos dispendioso que o mosaico, continuandinda hoje, a ser utilizada, mas o processo continuou a evoluir e conhece novos desenvolvimentos ao longo do século XV realizados pelos artífices mouriscos na cidade espanhola de Sevilha.

Os azulejos produzidos por este método destinavam-se, essencialmente, ao revestimento de paredes, sendo usados, também, em frontarias de altares, pavimentos e tetos. Os motivos mais utilizados nesta técnica eram os mouriscos, através de formas geométricas.

Na manufactura de um azulejo na técnica da corda seca a passagem do desenho ao molde é feita utilizando papel químico.

A superfície de cada placa apresenta separadores destinados a impedir a mistura de várias cores - durante o processo de fusão na segunda cocção - que poderiam, desta forma, ser aplicadas directamente sobre o barro cozido. Os separadores eram feitos com uma mistura de óxido de manganês e gordura, aplicados a pincel. Após a cozedura, se transformavam em traços negros de tom metálico - a corda seca.

Concluída a pintura, os azulejos são submetidos à segunda cozedura, que é mais rápida que a da chacota, atingindo 980º-1000ºC.
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»««««««««««««««««««««««

22 comentários:

  1. Beleza e técnica juntas e uma boa explicação para quem te visita.
    Fiquei mais "rica" pois ñ fazia a mínima ideia.
    Dois tons que se conjugam tão bem.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  2. Magnífico, amigo Andradarte!
    Além da beleza do trabalho, o texto explicativo...
    É postagem que encanta!
    Enorme abraço da
    Zélia

    ResponderEliminar
  3. Um excelente post. Conheço vários trabalhos feitos segundo esta técnica e acho este post muito claro e sucinto.

    Bem-hajas!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. ...vc é completo.

    na arte e na generosidade
    em nos ensinar!

    bj, alma linda!

    ResponderEliminar
  5. conheço varias técnicas de arte decorativa , mas esta desconhecia
    beijo

    ResponderEliminar
  6. Muito bonito. A explicação, muito interessante. Desconhecia e agradeço. Aproveito para mostrar o meu contentamento na sua visita. Ando menos activa... desculpe.

    ResponderEliminar
  7. Olá,
    Vim deixar-te uma palavra pra meditar, se gostar pode visitar o http://hanukkalado.blogspot.com/
    lá terá saciada tua sede de entendimento das palavras de Jesus.
    Assim, inteligência espiritual seria a habilidade ou a capacidade de crer em uma mente criadora e universal e se interagir com ela. O conhecimento desta resulta no aumento da fé. Ou seja, quanto mais conhecemos os princípios divinos, mais experimentamos e interagimos com o Criador. Jesus nos ensinou e abriu esta “porta” do entendimento, nos despertando para grandes mudanças interiores que produzem sabedoria, paz, equilíbrio e um ambiente propício para o aperfeiçoamento e descoberta de novos valores e propósitos de vida.
    Abraço de paz.

    ResponderEliminar
  8. Muito interessante, especialmente se ampliarmos.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Desconhecia esta técnica. Aprendi algo com a visita ao seu blog.

    ResponderEliminar
  10. Oi Zé!
    Parabéns pela tua iniciativa de compartilhar conosco teus conhecimentos e técnicas artísticas.Muito nobre de tua parte, obrigada.
    Beijos pra ti, meu querido.
    Com carinho,
    Mara

    ResponderEliminar
  11. Meu amigo


    Aveiro tem na sua Ria uma beleza ímpar.
    não me canso da e a fotografar

    e de a cantar..
    UM BEIJO

    Adorei esta técnica da corda seca

    ResponderEliminar
  12. Andrade,
    Que belo trabalho este.
    E o texto é bastante elucidativo. Provavelmente pouca gente conhece esta técnica.
    Eu pelo menos não conhecia.
    ALbertina Granja

    ResponderEliminar
  13. Quem me dera assim conseguir....Sublime trabalho...Mais parabéns Amigo, nesta arte com sentido.
    Gostei mesmo da combinação de cores.

    Abraço

    ResponderEliminar
  14. Desconhecia tal combinação, amigo Andrade.
    Ficou um trabalho interessante e a tua explicação foi excelente.

    Um abraço
    canduxa

    ResponderEliminar
  15. Boa noite.
    Estou de regresso, mas agora num novo sítio.
    O Diletante ficou para trás, tal como para trás ficou uma etapa da minha vida.
    Estou agora no Cinzelador de Palavras. Espero uma visita.
    Abraços cinzelados,
    Catarino

    (http://cinzelador.blogspot.com)

    ResponderEliminar
  16. Olá,

    Estes trabalhos são magníficos.
    Não conhecia a técnica!

    Abraço

    ResponderEliminar
  17. Muito belo o resultado final.
    Aprendi algo que não sabia de todo.

    Beijinhos




    PS. Não desanime com as "dificuldades" na wordpress, vai ver com o tempo, que até é bem mais fácil do que no Blogspot.
    Acredite que é sim.

    ResponderEliminar
  18. José Andrade Oi pode acontecer a receber um prêmio.
    Criatividade e imaginação fotos de José Ramón

    Saudações

    ResponderEliminar
  19. agradeço por dividir seu conhecimento , vc é maravilhoso, só tem o que crescentar na vida de quem tem sensibilidade de ver com os olhos do coração e do conhecimento, bj e agradeço sua visita, adoreiiiiiiiii

    ResponderEliminar
  20. Amigo Andrade, desconhecia tal combinação e mesmo a técnica. O resultado final é realmente espectacular. O amigo é uma caixinha de surpresas...mas muito boas. Adorei. Beijos com carinho

    ResponderEliminar